Andorra

Andorra : peça em 12 quadros / Max Frisch ; trad. Ilse Losa e Manuela Delgado. – Lisboa : Portugália, cop. 1961. – 167, [10] p ; 17 cm. – (O livro de bolso ; 34)

Citação  do livro : «Hoje [1961], Max Frisch é um dos maiores dramaturgos e comediógrafos contemporâneos, conservando-se constantemente o seu nome nos cartazes das principais cidades europeias. A estreia de Andorra [a 2 de Novembro de 1961, no Schauspielhaus de Zurique] prolongou-se por três dias, dada a extraordinária afluência de público. Criação de vanguarda do teatro contemporâneo, atinge, no final, a grandeza da tragédia grega.”  

In FRISCH, Max – Andorra. Tradução de Ilse Losa, Manuela Delgado. Lisboa: Portugália, cop. 1961.  (fonte)

———————————————————————-

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s