Category Archives: Jorge Pinheiro

Flores para Ilse Losa

na data do seu falecimento  (Porto, 6 de janeiro de 2006)

Curta montagem com imagens de flores recolhidas de ilustrações dos seus livros por:

Anúncios

O quadro roubado

O Quadro roubado / Ilse Losa ; il. Jorge Pinheiro. – Porto : Figueirinhas, 1976.
Contem: O Quadro Roubado;  Dois companheiros;  Pepe, o periquito;  A visita  ao Padrinho. 

Os três últimos contos foram reeditados no livro A visita ao Padrinho, publicado em 1989 pela Afrontamento, com ilustrações de Ângela Melo.

1976_IlseLosa_oquadroroubado_jorgepinheiro

Em baixo uma colagem com as belíssimas ilustrações de Jorge Pinheiro (ver aqui uma das duas ilustrações do conto A visita ao padrinho)

https://ilselosa.wordpress.com/

A flor azul

A flor azul e outras histórias / Ilse Losa ; il. de Jorge Pinheiro.  3a ed.  Porto : Liv. Figueirinhas, 1969.
Contem: A flor azul; A ponte; Dois inimigos que ficaram amigos; As aventuras de “Camisola”; O Sr. Roberto; As vozes dos animais; A Tulipa e a violeta.

Em baixo colagem com as 7 ilustrações de Jorge Pinheiro para os 7 contos deste livro.

jorgepinheiro-aflorazul-1969

Ver outras edições.

A Adivinha

A Adivinha : peça em quatro quadros / Ilse Losa ; il. Jorge Pinheiro. – Porto : Figueirinhas, [1967]. – (Contos para Crianças ; 23)
A Adivinha : peça em quatro quadros / Ilse Losa ; il. Jorge Pinheiro. – 2ª edição refundida. – Porto : Figueirinhas, 1979  ( ver no catálogo da BMBeja)
1967_Ilselosa_adivinha_jorgepinheiro1979_Ilselosa_adivinha_jorgepinheiro
….
Recensão Casa da Leitura a propósito da 3ª edição :«Neste texto dramático em quatro quadros perscrutam-se alguns dos traços que distinguem a produção literária de Ilse Losa. Recriação de um «velho conto popular», como se regista antes da “cortina do texto subir”, «esta história passou-se num país qualquer e em qualquer ano (…). As personagens que nela entram podiam existir em toda a parte do mundo e em todos os tempos, passados, presentes e futuros.» A acção situa-se, inicialmente, no mundo rural, sendo protagonizada por uma família de alfaiates com uma vida difícil. A decisão da partida dos irmãos Paulino, Ernestino e Brás do seu meio matricial, em busca da sua sorte na «cidade-das-sete-torres-douradas», bem como a decifração da adivinha, colocada pela caprichosa menina Lu Petrolina, pelo irmão mais novo constituem os momentos fundamentais desta obra. Ficcionam-se temáticas como a união familiar, a importância da imaginação e do humor, o valor da amizade, a vitória do bem sobre o mal, o respeito pelo outro (mesmo quando este “outro” se trata de um animal, como o urso Olaf) e, ainda, o amor à arte, aos livros e à leitura. |Sara Reis da Silva (aqui)

Em baixo colagem com as ilustrações de Jorge Pinheiro (1ª edição)
1967_IlseLosa_aadividinha_jorgepinheiro_colagem